Sexta, 27 de Maio de 2022 00:34
17 99131-2145
Política Reforma Adm

O ABSURDO

.

19/12/2021 16h34 Atualizada há 5 meses
Por: Camilo Prata
Edvaldo, na condição de prefeito interino, despachando no gabinete do prefeito
Edvaldo, na condição de prefeito interino, despachando no gabinete do prefeito
- OLHA O ABSURDO!!!, exclamou o presidente da Câmara, Edvaldo Morais, ao tratar sobre a mudança de Secretaria para Diretoria de Saúde no projeto de reestruturação administrativa proposto pelo governo Junão/Soares.
ABSURDO, na verdade, é o nobre presidente achar que o guairense não tem memória. No mandato do José Eduardo, o mesmo foi proposto e aprovado no setor da Educação, retornando à condição de Diretoria a Secretaria de Educação, estrutura esta que não durou mais de um mandato.
Enfim, tanto no passado como atualmente, o ajuste foi pedido para adequar necessidades de servidores públicos postulantes às pastas, graças aos seus rendimentos acumulados na legitimidade e com mérito, mas que não seria pertinente colaborarem na gestão e perderem conquistas. No passado, o beneficiado na reformulação aprovada pela Câmara foi o Renato Moreira, que também era vice-prefeito. Hoje, quem poderá ser beneficiada é a exemplar servidora pública da Saúde Juliana Rodrigues.
Independente das diferenças pessoais e do seu julgamento sobre cada um dos dois, trata-se de escolhas de prefeitos em um universo de poucas possibilidades como sempre, independente de grupo político.Tradicionalmente, todo prefeito que entra tem um incentivo ou ao menos uma trégua para governar e, antes disso, escolher sua equipe.
Em assim sendo, ou ao menos esperado, a Câmara Municipal estará sendo justa com a história recente do município dando tratamentos diferentes? E o nobre presidente da Câmara, onde estava quando Renato Moreira deixou de ser secretário e passou a ser diretor da Educação? Estava indignado desta mesma maneira e reverberando "absurdos" para todos os cantos?
Parece que a simples lição - "o importante é competir em qualquer competição"- não foi assimilada pelo experiente político em seus 20 anos de estrada. Uma pena!
1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.