Sexta, 20 de abril de 2018
17 99131-2145
Economia

02/04/2018 ás 17h43 - atualizada em 02/04/2018 ás 17h55

136

Maria Mandú

Guaíra / SP

O que fazer em meio à saturação do mercado de alimentação?
Aprenda 5 dicas para você fazer o teu negócio se sobressair quando o mercado já está saturado
O que fazer em meio à saturação do mercado de alimentação?

Empreender e estabelecer um negócio em um mercado saturado pode parecer uma missão impossível. Um mercado com muita competição pode oferecer mais vantagens do que se imagina. Com um bom planejamento e calma na hora de empreender, é possível perceber a forma mais direcionada de atuação dentro do cenário econômico escolhido e apostar sem medo nessa entrada que pode parecer arriscada, mas vantajosa no final das contas. Resolvemos abordar esse assunto, desmistificando a máxima de que mercado saturado não traz sucesso.


1-      Entenda seu público-alvo


Tentar competir com todos não é uma boa ideia e pode levar um negócio à falência em pouco tempo. Sabe aquela historia de que “Ah, se ele vende e dá certo, eu vou vender também”? A indústria e o nicho são coisas diferentes e o empreendedor deve entender que a competição está dentro do nicho e não dentro do cenário total da indústria. Um nicho bem delimitado permite uma operação com menos concorrência e uma gestão relativamente simplificada.


2-      Foque no valor!


O que você vende que o dinheiro não pode comprar? Falando especificamente de cenários saturados, os clientes gostam de opções e empreendedores devem se esforçar para trazer algo diferente. A fabricação de produtos ou prestação de serviços deve visar a superioridade de mix. Fuja do “mais do mesmo”. O diferencial não está naquilo que está sendo feito e sim na forma como o empreendedor o faz.  Aqui, de modo especial, podemos citar o exemplo dos empreendedores Wagner e Damares Rodrigues Pereira, proprietários da rede de Franquias Crocoberry. A rede apostou em uma forma diferente de vender açaí, produto hiperpolarizado nos quatro cantos do país. O açaí na rede é self-service. Solução simples e eficiente que mudou o rumo e colocou a marca no mapa. “Buscamos trazer novidades para os nossos clientes, para que eles percebam nossa preocupação em agradá-los e presenteá-los da melhor maneira possível, com produtos cada vez mais deliciosos e de altíssima qualidade.” afirma Wagner.


3-      Escolha uma franquia de marca forte e inteligência operacional


Este é um bom caminho para aqueles que não têm muitos recursos para lançar uma marca e iniciar em um mercado saturado. Franquias inteligentes, além de dar tempo para que o dono da marca acumule recursos, também ajuda a moldar, gradualmente, a forma do negócio. A franquia, a curto ou longo prazo, ajuda a acumular experiência e a formar a base de clientes. Lucas Atanázio Vetorasso, CEO do Grupo ATNZO, com vasta experiência no ramo faz questão de enfatizar. “A franquia, na verdade, é uma escola para aquele empreendedor que tem uma ideia de negócio formada ou segmento definido, mas possui recursos insuficientes para se sobressair aos demais concorrentes.”


4-      De olho nas tendências


Todas as marcas de uma indústria estão sujeitas a uma rápida evolução de tendências. Os empreendedores que estiverem atentos a esses movimentos terão olho mais clínico para as novas demandas e conseguirão pensar em formas de atender aos consumidores com mais rapidez. Se os clientes começarem a sentir que a empresa está estagnada, eles vão procurar novas marcas para atendê-los. Lucas ainda afirma que, mesmo tendo um mix de produtos funcional, é interessante prestar atenção ao mercado e suas novidades. “O Mix de Produtos é o grande gargalo de empresas de alimentação. As modinhas neste segmento chegam com produtos sazonais e insuficientes pensando que são a bola da vez, que vieram pra ficar. Todos pensam. Pura inexperiência. O mix de produtos principal (core business), se sazonal, deve vir acompanhado de mix complementar. Não há segredos. Para simplificar, posso dizer da seguinte maneira. Se seu horário de funcionamento é das 8h às 18h, tenha produtos que vão fazer vendas da abertura ao fechamento. O segredo é atingir o mesmo público com um mix completo e, ao mesmo tempo, compacto.”


5-      Busque ajuda de especialistas


Muitas empresas não acertam na hora de se comunicar com seus clientes ou promover produtos e serviços. Para não deixar que tudo isso seja feito de forma mecânica, recorrer a especialistas pode ser uma boa saída para aumentar o lucro e manter a atenção da clientela. Além disso, uma boa comunicação e um bom alcance podem ajudar a conquistar novos olhares. “Tenha ao lado pessoas com a experiência certa para seguir com o barco no meio das mudanças de tempo do mercado”, encerra Lucas.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Economia & Negócios

Economia & Negócios

Blog/coluna Tudo sobre economia e negócios.
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium