Quinta, 15 de novembro de 2018
17 99131-2145
Política

05/02/2018 ás 11h24 - atualizada em 05/02/2018 ás 11h32

199

Maria Mandú

Guaíra / SP

VASSOURA DE BRUXA PODE PROVOCAR MORTE DE ÁRVORES DO PARQUE MARACÁ
A vereadora Maria Adriana de Oliveira Gomes recebeu a denúncia e constatou a existência de várias árvores estão infectadas com as vassouras de bruxa. Fungo pode ocasionar morte de árvores
VASSOURA DE BRUXA PODE PROVOCAR MORTE DE ÁRVORES DO PARQUE MARACÁ
A vereadora Maria Adriana e o engenheiro ambiental Alaor Pinheiro durante visita ao Parque Ecológico Maracá

A vereadora Maria Adriana de Oliveira Gomes (PT) recebeu a denúncia de que várias árvores pertencentes ao Parque Ecológico Maracá estariam infectadas com um fungo chamado vassoura de bruxa, que se não for combatido, pode levá-las a morte.


Na última quinta-feira ela convidou o Engenheiro Ambiental Alaor Borges Pinheiro Neto, responsável pela área de Meio Ambiente da prefeitura, para fazer uma visita nas árvores que estão localizadas nas proximidades da Casa de Cultura professor João Augusto de Mello.


No local, os dois verificaram a existência de grande quantidade de árvores infectadas com a vassoura de bruxa. O termo vassoura de bruxa é aplicado a um tipo de doença ou sintoma de doença de plantas famílias diferentes, ocasionando queda acentuada na produção de frutos, seguido de morte, das partes infectadas e até mesmo condenando toda a árvore.


Tanto a vereadora como o Engenheiro Ambiental demonstraram preocupação com a presença do fungo nas árvores do parque. “Realmente está em varias árvores, o que preocupa, pois o Parque é um dos mais importantes cartão postal, do nosso município. O Engenheiro Ambiental, também ficou muito preocupado e já irá tomar providências para a retirada dessa doença”, disse Maria Adriana.


Para se ter uma ideia da gravidade do problema, a vassoura de bruxa quase conseguiu varrer o cacau para fora do Brasil. Só nos últimos anos é que os produtores têm conseguido recuperar dos efeitos devastadores do fungo Moniliophtora perniciosa, que transmite a doença que atacou durante as últimas duas décadas as plantações de cacau da Bahia, causando diversos prejuízos aos produtores baianos.


De acordo com a vereadora Maria Adriana Gomes, a prefeitura precisa monitorar o surgimento desta doença nas árvores dos espaços públicos. “É uma preocupação que devemos ter com o meio ambiente. São árvores que foram plantadas e hoje povoam o nosso parque e não devem sofrer com a ação desta doença. Se existe uma forma de combater, o poder público deve agir, antes que árvores tenham que ser sacrificadas por conta desta doença”, disse ela.

FONTE: Câmara Municipal de Guaíra - SP

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium