Quinta, 24 de maio de 2018
17 99131-2145
Saúde

22/01/2018 ás 18h05

89

Maria Mandú

Guaíra / SP

Febre amarela, Vigilância em Saúde está sempre em alerta
.
Febre amarela, Vigilância em Saúde está sempre em alerta
Macacos também são vítimas da febre amarela

Com o surto de febre amarela que vem afetando a região de Mairiporã, cidade próxima à grande São Paulo, ascendeu a luz de alerta quanto a doença em todo Estado de São Paulo. No entanto é importante lembrar que o monitoramento da arboviroses (doenças transmitidas por mosquitos) é regularmente executado pelas esferas, municipal, estadual e federal de governo.


No caso específico da febre amarela o principal indício de que o vírus está circulando na região é a infecção e morte de macacos. Os primatas são animais muito suscetíveis à doença em zonas de mata. Por isso que toda morte de símio silvestre tem que ser investigada. Os animais são considerados ‘anjos da guarda’ na vigilância da epidemiologia e podem indicar a presença da patologia em um ambiente antes que humanos sejam contaminados.


Neste cenário a Vigilância em Saúde orienta a toda comunidade que, quando eventualmente, se deparar com macacos mortos entrar em contado com a Secretaria de Saúde. O contato pode ser feito diretamente 3330-2800 (Secretaria de Saúde) ou pelo 199 da Guarda Municipal.


A vigilância faz o recolhimento da carcaça, coleta material das vísceras e encaminha para o Instituto Adolfo Lutz (São Paulo) que faz as análises pertinentes para identificar se o animal foi infectado pelo vírus.


Na virada de 2016 para 2017, em Guaíra, foram encontrados dois macacos mortos no perímetro urbano, um filhote de bugio nas imediações do bairro Reynaldo Stein e um sagui, próximo ao recinto do Torneio Leiteiro, no entanto os exames laboratoriais descartaram a infecção em ambos.


 


VACINA


A medida mais eficiente para evitar o contágio humano pela febre amarela é a vacina. As Unidades de Saúde da Família do município possuem quantidades suficientes de doses. Os cidadãos que ainda não se imunizaram devem procurar a unidade de saúde de sua referência, portando a carteirinha, para que os técnicos verifiquem se há a necessidade da aplicação.


 


AEDES AEGYPTI


É importante lembrar que, na cidade o Aedes aegypti, o mesmo mosquito que transmite a dengue, zika e chikungunya é o vetor da febre amarela. Então, outra medida importante para evitar a proliferação da febre amarela é eliminar os criadouros. As mesmas recomendações da prevenção à dengue são válidas para a febre amarela.


 


SINTOMAS


 A febre amarela é uma doença viral que causa dores no corpo, mal-estar, náuseas, vômitos e, principalmente, febre. Se for acometido pelos sintomas o paciente deve procurar uma unidade de saúde o mais rápido possível.

FONTE: Prefeitura Municipal de Guaíra - SP

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium