Segunda, 27 de Junho de 2022
25°

Tempo aberto

Guaíra - SP

Entretenimento Conversa Fiada

Falando a verdade em tempos de Pandemia

Haja rede social hein

19/04/2021 às 18h20 Atualizada em 19/04/2021 às 22h16
Por: Maria Mandú
Compartilhe:
Helena Mustach Mandú e Jô Costta
Helena Mustach Mandú e Jô Costta

Menos contato físico, ou praticamente nenhum mesmo, essa é a ordem a ser seguida. Dessa forma, diariamente falamos com muitas pessoas ao longo do dia, e sobre todos os assuntos, seja profissional, pessoal ou somente para jogar um pouco de conversa fora mesmo.

 Então, as conversas em sua grande maioria se iniciam da mesma forma, seguindo as convenções de educação que temos:

Bom dia... Boa Tarde... Boa noite... Td bem?...

Cá entre nós, você quer mesmo que a pessoa relate tanto coisas boas, como não tão boas de forma que adie o assunto que levou você a chamá-lo???

As vezes sim... as vezes não... nem sempre... quase nunca... seja lá como for.

Nesse final de semana chamei meu amigo Jô Costta no WhatsApp e logo depois do Bom dia, boa tarde ou boa noite, sempre pergunto se ele está podendo falar, pois estamos com um desencontro de horários, quando ele pode eu não posso e vice versa. Ambos podíamos, sendo assim, quero aqui reproduzir o diálogo que foi um tanto quanto divertido, instrutivo ou mesmo inusitado; segue abaixo:

Helena - Boa tarde, tudo bem?

- Boa tarde... tudo uma mer...a (ele de fato não colocou a palavra toda)

Helena - Não fala assim vai, você sabe que falando assim não atrai coisas boas

- É verdade, você tem razão, mas diz que também não pode mentir, como que faz?

Helena - Eu sempre respondo: Vou indo, pois assim não estou mentindo. Se a pessoa perguntar o pq da resposta eu conto, caso contrário entramos logo no assunto que é de interesse da conversa

- Uma boa essa hein, pq nem sempre a pessoa quer de fato saber como estão as coisas né... perguntam só por educação

Helena - Exatamente

- E quando a pessoa resolve contar a vida dela inteirinha hein... dá até arrependimento dessa perguntinha pequena...

Helena - É pq na realidade o que gente espera é sempre um simples td bem e conversa que segue

- Pois então menina, mas olha tem umas situações que a gente se coloca, que acaba por ficar sabendo coisas que realmente não tinha o mínimo interesse, mas qdo se dá conta já é tarde

Helena - Nem me fale

- Vc sabe que tem uma música que aborda exatamente isso né?

Helena - Não sei, verdade? Qual?

- O chato de Oswaldo Montenegro

Helena - Vc tá brincando comigo né... vou ouvir agora (curiosa e doida por novos conhecimentos musicais, corri no YouTube).... 10 minutos depois, eu volto na conversa

Helena - Amei a música, me reconheci... cara, eu sou muito chata...

- Nem tanto... no fim das contas, todo mundo acaba se reconhecendo, pq todo mundo tem um pouco disso ou daquilo.

 

E assim conheci uma música bem legal e divertida, que apesar de ter mais de 7 minutos, é como o Faroeste Caboclo do Legião Urbana, que é longa, mas com um conteúdo muito bacana faz com que não fiquemos entediados durante a sua execução.

"O chato" de Oswaldo Montenegro tem uma parte declamada... eu gostei muito, espero que apreciem

Abaixo a música citada

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Coluna da Mandú
Coluna da Mandú
Sobre Maria Mandú é jornalista, publicitária e trabalha com Marketing Digital. Apaixonada por Plantas e Bichos, divide seu tempo livre entre cuidar das dádivas da natureza e se dedicar a leitura de vários livros, paixão que adquiriu ainda criança. Atualmente está engajada em várias causas e projetos.
Guaíra - SP Atualizado às 11h55 - Fonte: ClimaTempo
25°
Tempo aberto

Mín. 14° Máx. 29°

Ter 31°C 15°C
Qua 31°C 16°C
Qui 32°C 16°C
Sex 33°C 16°C
Sáb 28°C 11°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes