Sábado, 17 de Abril de 2021 11:37
17 99131-2145
Política Justiça Eleitoral

TRE-SP nega recurso de José Eduardo e Renato Moreira

Com essa decisão a candidatura continua cassada

06/04/2021 18h33 Atualizada há 7 dias
Por: Camilo Prata
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa
Aconteceu na tarde desta terça, 06, através de  videoconferência no canal do Youtube do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), o julgamento  em segunda instância do recurso eleitoral de José Eduardo Coscrato Lelis, Renato Moreira e do jornalista Marcelo Jr, onde os dois primeiros eram candidatos a reeleição como prefeito e vice respectivamente, e o terceiro citado, proprietário do veículo de comunicação "A Hora da Notícia" que foi a peça principal para a ação impetrada. Essa modalidade de julgamento por videoconferência se deve ao momento de pandemia que o mundo vem passando.
 
Os candidatos tiveram a candidatura à reeleição cassada, dias antes da eleição, logo após condenação  em ação eleitoral movida por uma candidata ao cargo executivo, Ana Beatriz Coscrato Junqueira, mais conhecida como Dra. Bia Junqueira. O juiz eleitoral de Guaíra, Dr. Anderson Valente, fez valer a lei eleitoral em vigência.
 
O TRE-SP decidiu, por unanimidade, rejeitar o recurso de José Eduardo Coscrato Lelis e Renato Moreira no caso da cassação da candidatura referente ao uso abusivo de meio de comunicação (jornal) durante as eleições municipais de 2020.
 
Segundo alguns correligionários de José Eduardo e Renato, os mesmos pretendem consultar seus advogados e entrar com recurso em Brasília. No que se diz respeito a legalidade e possíveis próximos passos, como uma nova eleição,  muito se fala sobre o assunto, porém, não há ainda posicionamentos oficiais. Teremos que aguardar a manifestação do juiz eleitoral guairense após ser notificado oficialmente sobre este resultado. 
 
Abaixo, o vídeo do julgamento do recurso eleitoral cedido pelo MBL, assista:

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.