Sábado, 17 de Abril de 2021 12:16
17 99131-2145
Saúde Comunicação

Santa Casa presta esclarecimentos e anuncia Boletim Diário de Informações

O documento foi publicado no Diário Oficial do Município

05/04/2021 19h31 Atualizada há 1 semana
Por: Camilo Prata Fonte: Diário Oficial do Município de Guaíra
Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

No mesmo dia em que Guaíra alcançou e ultrapassou o número de 100 óbitos por COVID-19, a Santa Casa de Misericórdia de Guaíra fez esclarecimentos das mais diversas ordens e anunciou o Boletim Diário de Informações da entidade com as informações até às 12h (meio dia) de cada dia.

O documento foi publicado no Diário Oficial do Município, por isso tomamos como oficial, mas não está assinado pelo Interventor da entidade e Diretor de Finanças da Prefeitura, Sr. Márcio Bento ou pela Diretoria Clínica ou Diretoria Técnica da Santa Casa. O Mustach vai aguardar o próximo Boletim, que pretendemos reproduzir em benefício dos nossos leitores, mas caso não venha assinatura buscaremos mais informações junto a instituição.

A postura de se comunicar com a comunidade, ainda mais em tempos difíceis, é sempre positiva e digna dos melhores elogios. Aliás, é tudo que se espera há algum tempo da Secretaria de Saúde, por meio do secretário Sr. Jorge Uatanabe do Prado. 

Abaixo, o documento na íntegra. 

 

INFORMAÇÕES GERAIS

Inicialmente, é importante esclarecer que, atualmente a Santa Casa de Guaíra, e rede hospitalar regional está colapsada, portanto, possui uma demanda maior que a capacidade de atendimento.

No Município de Guaíra já possuíamos, desde o início da pandemia, um total de 10 leitos de enfermaria para COVID-19. Todavia, desde final de março deste ano, o número de pacientes internados no GRIPÁRIO (ala reservada para pacientes COVID-19), ultrapassou em muito a capacidade do hospital, chegando a um total de 34 pacientes internados no Gripário e salas de observação do Pronto Socorro.

A rede de oxigênio medicinal, abastecida pela usina de oxigênio, precisou de ajuda frente a quantidade de pacientes internados utilizando grande quantidade de oxigênio medicinal, o que foi providenciado com a utilização de cilindros de Oxigênio Medicinal.

Esclareça-se que, mesmo com estoque difícil e sendo recarregado em várias oportunidades durante o dia, INFORMAMOS QUE NÃO FALTOU OXIGÊNIO AOS PACIENTES INTERNADOS, e a Santa Casa está com fornecimento regular de oxigênio medicinal, buscando somente o aumento do número de cilindros e capacidade da usina para aumentar o número de leitos hospitalares.

Quando relatamos que faltam leitos no hospital, a equipe técnica não se referiu tão somente a camas hospitalares, pois um leito hospitalar para funcionamento precisa de Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, Fisioterapeutas, Equipe de Apoio, Equipe de Nutrição, Equipe de Limpeza, equipamentos, medicamentos e insumos.

Pois bem, a Santa Casa solicitou apoio da Prefeitura Municipal e por determinação do Exmo. Sr. Prefeito Municipal estamos recebendo apoio de vários servidores efetivos da Prefeitura Municipal, que hoje estão trabalhando conosco dentro do hospital para que possamos passar por este momento tão difícil para todos.

Como a falta de leitos de UTI e Enfermaria acontece em toda região tanto da rede pública – Sistema Único de Saúde como da rede privada, a primeira medida, a partir de 31/03/2021, foi a separação do atendimento somente em sintomas respiratórios e não sintomáticos, ou seja, suspeitos/positivos de COVID-19 e outras doenças.

Assim, não mais separamos o atendimento em Sistema Único de Saúde - SUS e Convênios, como era anteriormente, frente ao grande número de urgências diárias.

No hospital já era adotada triagem de atendimento, conforme os protocolos técnicos de urgência e emergência, no entanto, com o colapso da rede de saúde com várias urgências em sua esmagadora maioria de COVID-19, se fez necessário a priorização do atendimento fase vermelha, que são os casos mais graves.

Conforme acima já relatado, com a rede de saúde regional colapsada, falta a Santa Casa de Guaíra e diversos outros hospitais de nossa região uma normalização para o fornecimento regular de medicamentos, insumos e equipamentos; mas também faltam recursos humanos especializados, ou seja, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, etc.

Tais faltas não são relacionadas a falta de recursos financeiros, mas sim falta dos produtos para aquisição como ocorre com cilindros de oxigênio medicinal e alguns medicamentos, e ainda, de recursos humanos qualificados e especializados.

Assim, tanto a gestão quanto as equipes técnicas estão em busca do aumento de 10 leitos para 30 leitos no Gripário, o que já esta sendo providenciado, deixando de contar com um médico no Gripário para termos um total de três médicos 24 horas por dia somente para o atendimento dos pacientes internados no Gripário.

Assim, a meta atual de leitos no Gripário são 30 leitos, no entanto, novamente observamos que não se trata de somente aumentar camas, mas sim recursos humanos, equipamentos, insumos, medicamentos, etc.

Com o aumento de leitos do Gripário, serão transferidos os pacientes atualmente internados em salas de observação do Pronto Socorro para o Gripário, deixando assim, liberada aquelas instalações para novos pacientes, o que já está sendo feito.

No entanto, é importante esclarecer à população que, chegam novos pacientes a cada hora no Pronto Socorro dos quais vários precisam de internação frente a pandemia COVID-19.

Informamos a população que não existem comprovações cientificas de nenhum tratamento precoce milagroso, bem como, muito cuidado com a divulgação de áudios e vídeos FAKE NEWS que somente prejudicam ainda mais a saúde da população.

Neste Primeiro Boletim Diário, observamos que todos nossos pacientes foram e estão sendo tratados da melhor forma que podemos nesta guerra contra o COVID-19, e desde já, agradecemos nossa equipe de funcionários e colaboradores, aos profissionais da saúde, a todos empresários, produtores rurais e empresas que muito estão nos ajudando.

A Santa Casa de Guaíra não solicitou a doação de recursos financeiros à ninguém, sendo a única exceção foi pedido de aditivo a Convênio firmado com a Administração Municipal. No entanto, várias ações que estão sendo realizadas por pessoas de bem de nossa cidade, são muito bem vindas, assim agradecemos os cilindros emprestados, os cilindros doados, recursos financeiros para aquisição de testes, roupa de camas doadas e outras ações em andamento, DESDE JÁ NOSSO MUITÍSSIMO OBRIGADO.

Estamos vivendo tempos muito difíceis e precisamos do apoio da população mantendo o isolamento social para que diminua a circulação do vírus e, assim, a rede de saúde possa sair do colapso, razão pela qual novamente solicitados parem com as festas, NÃO AGLOMEREM, usem máscaras e fiquem em casa.

 

INTERNAÇÕES:

Gripário, tendo capacidade para 15 leitos, atualmente 13 estão ocupados. A setor disponibilizou as seguintes informações técnicas: 02 Pacientes com ventilação mecânica (entubados); 06 Pacientes com máscaras faciais; 05 Pacientes com catéter de oxigênio medicinal.

Pronto Socorro, tendo capacidade para 4 leitos de observação, atualmente existe ocupação de 6 leitos. A unidade disponibilizou as seguintes informações técnicas: 02 Pacientes com máscaras faciais; 04 Pacientes com catéter de oxigênio medicinal.

Espera: Constam aguardando vagas de UTI (vagas em Barretos) um total de 18 pacientes.

 

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE GUAÍRA

Hospital Geral

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.