Sábado, 23 de março de 2019
17 99131-2145
Polícia

01/03/2019 ás 18h29

34

Maria Mandú

Guaíra / SP

Caminhoneiro é sequestrado em Uberlândia e abandonado em canavial no município de Miguelópolis
.
Caminhoneiro é sequestrado em Uberlândia e abandonado em canavial no município de Miguelópolis

Na manhã de 26 de fevereiro, os policiais Militares, cabo Martinho e cabo Gilberto foram solicitados a comparecerem na rodovia Norival Pereira Mattos, no km 21, onde encontraram o motorista Paulo Eduardo Oliveira de Freitas de 47 anos, e o seu caminhão Volvo/FH 540, placas AOV 9933, Campo Mourão (PR). O caminhão estava encravado em meio ao canavial e ali próximo, os policiais lograram êxito em encontrar o reboque SR/Randon, placas também de Campo Mourão. 


O motorista Paulo Freitas relatou que trabalha em uma empresa de Transporte, há cerca de 1 ano e pouco, e que  transportava soja a granel, sendo que,  já havia descarregado a carga em Uberlândia (MG); segundo ele, na noite de 22 de fevereiro, por volta das 22 horas, após sair na estrada que dá acesso a Uberaba (MG), apareceu um indivíduo encapuzado e de posse de uma arma de fogo, semelhante a uma metralhadora o rendeu e mandou ele parar o veículo.


O bandido havia subido no estribo do caminhão do lado do motorista e disse "Fica frio, abre a porta e vai para a cama". Paulo em seguida avistou mais dois indivíduos encapuzados, o bandido que havia apontado a arma para ele entrou na cabine, assumiu o volante do caminhão e mais dois indivíduos também entraram. 


Segundo o motorista ainda houve um contato via rádio da empresa com ele, porém, os bandidos mandaram ele falar que estava tudo bem. O motorista foi questionado se tinha dinheiro, e ele acabou entregando R$ 1.200,00 aos bandidos, os cheques eles não levaram. 


Enquanto isso a viagem seguia, o motorista era refém dos bandidos e não viu o trajeto que eles fizeram. Ao amanhecer Paulo foi abandonado com o caminhão (trator). Os reboques foram abandonados a cerca de 1.500 metros de distancia de onde ele estava, o aparelho de celular do motorista também foi quebrado durante a ação dos bandidos. 


Durante o trajeto de fuga com o caminhão, os bandidos usavam várias antenas para bloquearem o sinal do rastreador, já no município de Miguelópolis, onde ele foi abandonado, os bandidos usaram fita adesiva para amarrar Paulo. Ao perceber que os bandidos haviam ido embora, Paulo acabou saindo do caminhão e foi buscar ajuda a beira da rodovia que liga Uberaba a Miguelópolis.


Um outro caminhoneiro que passava pela rodovia ligou para a polícia e pediu ajuda, o motorista não sofreu agressões, apenas exigiram seu silêncio durante todo o tempo. 


Paulo acredita que os bandidos queriam o caminhão Volvo (trator), mas, como eles entraram no canavial, o caminhão acabou atolando e eles não conseguiram retirá-lo. O veículo é rastreado e possui seguro, o dinheiro levado pelos bandidos pertencia a empresa em que ele trabalha.


O veículo foi retirado do local com ajuda de agricultores e levado para a Delegacia local, depois foi entregue ao motorista. Dentro da cabine do caminhão foi apreendido um capuz e uma fita adesiva. Ninguém foi preso e os bandidos teriam fugido em uma camioneta, vizinhos do local onde o caminhão estava achavam que o caminhão pertencia a Usina, por isso, não estranharam nada.

FONTE: Fábio Reis - Jornal Popular

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium