Sábado, 17 de novembro de 2018
17 99131-2145
Cidades

09/09/2018 ás 23h08

58

Maria Mandú

Guaíra / SP

Miguelópolis terá Samu através de convênio com Franca
.
Miguelópolis terá Samu através de convênio com Franca

Franca e mais 12 municípios da região assinaram em 3 de setembro, uma parceria para transformar o atendimento prestado hoje pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em referência regional. Atualmente o Samu de Franca já atende outras dez cidades. Com a parceria, a intenção é ampliar a base de atuação para 22 municípios. 
O prefeito Gílson de Souza disse que é um avanço para melhoria do atendimento local e regional, sendo que no âmbito da cidade não vai alterar em nada. Abre-se a oportunidade de receber mais recursos para essa ação macro regional.
Na mesma linha, o secretário de Saúde, Rodolfo Moraes Silva, reforçou a mudança será para melhor, pois, terá mais recursos do Ministério e poderá pleitear mais verba para investir em viaturas e equipamentos. Assim Franca assumirá a gestão do Samu nesses nos seguintes municípios: Aramina, Buritizal, Ituverava, Guará, Igarapava, Ipuã, Miguelópolis, Morro Agudo, Nuporanga, Orlândia, São Joaquim da Barra, Sales Oliveira.
“Conseguimos hoje o apoio de todos os 12 municípios que faltavam. Todos se mostraram dispostos a colaborar, o que era uma exigência do Ministério da Saúde para a regionalização. 
Segundo o secretário municipal de Saúde de Franca, Rodolfo Moraes, com a regionalização, o Samu de Franca passará a receber e analisar todos os chamados de urgência. “Caberá a nossos médicos da central de atendimento do Samu analisar caso a caso e definir qual será a unidade acionada”. 
Se a regionalização for concretizada, Franca passará a gerenciar ainda as ambulâncias das bases de São Joaquim da Barra e de Ituverava. Miguelópolis também ganhou um ambulância do Samu há pouco tempo, mas não foi divulgado se o prefeito assinou o convênio. Para os municípios da região, a vantagem da regionalização, segundo Rodolfo Moraes, é acabar com os custos de manutenção dessas bases. “As estatísticas mostram que o número de atendimentos prestado pelo Samu nestas localidades é muito baixo. Então, não compensa para essas cidades manter toda a estrutura de atendimento, que é cara”, disse. 
Franca vai receber cerca de R$ 40 mil a mais do Ministério da Saúde e outros R$ 48 mil dos novos municípios. Para que a regionalização passe a valer, é preciso ainda que seja aprovada por uma comissão estadual de Saúde e depois por uma comissão federal. “Devo ir a Brasília nos próximos dias para pedir agilidade na análise do nosso pedido de regionalização. Esperamos a aprovação o mais rápido possível”, disse o prefeito Gilson de Souza. A expectativa é que os tramites burocráticos estejam concluídos até o final deste ano.
Paralelamente a esse gerenciamento ampliado, foi elaborado um projeto pleiteando recursos para ampliação da base em Franca e a Prefeitura está no aguardo da liberação pelo Governo Federal.

FONTE: GCN Net e Popi Mundi

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium